Noemia Rocha solicita implantação de academias ao ar livre

academia_ao_ar_livre

Créditos da foto: Chico Camargo/CMC

      Por iniciativa da vereadora Noemia Rocha (PMDB), foi encaminhado, recentemente, uma série de requerimentos à prefeitura de Curitiba, entre eles, dois sugerindo estudos e implantação de academia ao ar livre, com o objetivo de promover uma vida mais saudável para a população e melhorar a ocupação de espaços públicos.

      A parlamentar sugeriu que recebessem o equipamento a Praça Guairacá, localizada entre as ruas Jair Fernandes de Araújo e Alfredo José Pinto, no bairro Fazendinha; e um espaço na rua Alterosa, próximo ao número 16, no Bairro Alto.

       De acordo com a propositora, ambos os locais foram sugeridos pela comunidade. Além de melhorar a qualidade de vida e o bem-estar físico e emocional, os frequentadores das academias ao ar livre melhoram a integração social e a comunicação.

Anúncios

Casa do Vovô é inaugurada em Curitiba

72

Noemia Rocha apoia a iniciativa

     A nova unidade da Fundação de Ação Social (FAS), chamada Casa do Vovô, foi inaugurada na última semana e tem como objetivo o atendimento a idosos em situação de rua. A informação é da vereadora Noemia Rocha (PMDB).

     A parlamentar aprova a iniciativa e espera a expansão do projeto. “Acho que é um primeiro passo. Um projeto com visão humanitária voltada à ação social”, destacou. A instituição de longa permanência está localizada no bairro Pinheirinho e tem 20 moradores.

     Na Câmara Municipal de Curitiba, Noemia Rocha luta pela Creche do Vovô, Centro Municipal de Atendimento ao Idoso (CMAI) pautado no horário das creches infantis. A casa ofertaria atividades culturais e profissionais, contribuindo com a saúde física e mental dos participantes do projeto.

Hoje é o Dia Internacional do Idoso

idosos      1º de outubro é o Dia Internacional do Idoso. É importante ressaltar que o idoso tem um papel importante em todas as sociedades. Eles são líderes, trabalhadores, aposentados, detentores de sabedoria, avós, cuidadores e voluntários.

      O número e a proporção de idosos cresce rapidamente. Nas últimas três décadas, o número dobrou. Em 2050, a população mundial de pessoas com idade superior a 60 anos chegará a um total de dois bilhões, o que significará uma importante mudança no perfil demográfico do mundo, com consequências para todos.

      Trata-se de um fenômeno extraordinário com consequências para cada comunidade, cada instituição e cada pessoa, jovem ou velha. Com o aumento da população idosa, multiplicam-se os desafios, tais como: acesso à educação; desfrutar de uma boa longevidade e boa saúde física e mental; participação ativa dos idosos na sociedade; combate ao abuso, à negligência, violência e maus tratos, combate à falta de respeito e discriminação de que são vítimas os idosos; inserção do idoso no mercado de trabalho, etc…

Fonte: UOL

(Leia Mais…)

Câmara vota Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015

Os vereadores de Curitiba votam, em primeiro turno, na sessão da próxima terça-feira (24), as diretrizes que vão nortear a elaboração do orçamento da cidade para 2015. (Foto - Anderson Tozato/CMC)

Os vereadores de Curitiba votam, em primeiro turno, na sessão da próxima terça-feira (24), as diretrizes que vão nortear a elaboração do orçamento da cidade para 2015. (Foto – Anderson Tozato/CMC)

       Os vereadores de Curitiba votam, em primeiro turno, na sessão da próxima terça-feira (24), as diretrizes que vão nortear a elaboração do orçamento da cidade para 2015. A proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), enviada ao Legislativo pela prefeitura, estabelece as metas e prioridades da administração municipal, instruções para construção dos orçamentos fiscal, seguridade social e de investimento, entre outros.

      Junto ao projeto da LDO, também serão debatidas e votadas quatro emendas ao texto, uma de Professor Galdino (PSDB), duas de Noemia Rocha (PMDB) e outra do prefeito Gustavo Fruet. Galdino propõe a construção de um Centro de Referência de Atendimento a Animais em Risco (CRAR); Noemia Rocha indica a construção de outros dois equipamentos públicos: um centro de repouso para a terceira idade e um centro de recuperação para dependentes químicos; já Fruet propõe adequações no projeto, para adequá-lo à proposta da lei orçamentária 2015, que está sendo redigida pelo Poder Executivo.

Fonte: Site da CMC

(Leia Mais…)