Comissão de Saúde pede explicações sobre posto de saúde abandonado na CIC

unidade-de-saude    A Comissão de Saúde, da Câmara Municipal pediu explicações à prefeitura de Curitiba sobre os motivos da paralisação da obra do posto de saúde Campo Alegre, na Cidade Industrial de Curitiba.

     O grupo vistoriou o local na última semana, após reclamações.

    A presidente da Comissão de Saúde, a vereadora Noêmia Rocha (PMDB), explica que os requerimentos foram protocolados na última sexta-feira.

      O convênio pra construção da Unidade de Saúde Campo Alegre, na CIC, foi firmado entre prefeitura de Curitiba e governo do Paraná em 2012. 4 anos depois, a obra ainda não foi concluída. Os operários abandonaram tudo já em fevereiro de 2014.

       Mato, lixo e entulhos tomam conta do terreno de quase 2.500 metros quadrados. Na fachada, várias pichações. Do lado de dentro, muito lixo.

       A reportagem da rádio CBN já havia relatado a situação em duas ocasiões, em julho de 2015 e em abril deste ano. As reclamações dos moradores permanecem as mesmas.

       O espaço, que já deveria estar pronto e sendo usado pelos usuários do sistema público de saúde, virou ponto de encontro de vândalos e usuários de drogas.

       A Prefeitura diz que o posto está 69,4% concluído, mas a obra não seguiu adiante porque a empresa vencedora da licitação desistiu do trabalho – e isso, segundo a administração municipal, por conta dos freqüentes atrasos de recursos por parte do governo estadual.

       Uma nova licitação deve acontecer no segundo semestre.

      O governo, por meio da Secretaria da Saúde, por sua vez, alega que os pagamentos são feitos conforme medição da obra. Como não houve avanço, outros recursos não foram repassados ao município. – e isso deve acontecer quando os 70% forem confirmados.

Fonte: Rádio CBN Curitiba

Escute a entrevista Aqui

Mulheres na política

cmc     Cinco alunos de Jornalismo da Uninter acompanharam a sessão plenária desta terça-feira (7) para uma reportagem do jornal laboratório Marco Zero, sobre a participação da mulher na política. Acompanhados pelo professor e jornalista Mauri Konig, eles entrevistaram as cinco vereadoras de Curitiba – Carla Pimentel (PSC), Dona Lourdes (PSB), Julieta Reis (DEM), Noemia Rocha (PMDB) e Professora Josete (PT). A edição deverá ser publicada até o fim deste mês.

Fonte: Site da CMC

Entrevista

DSCN3628Hoje conversamos com o presidente da Acridas, Gerhard Fuchs e sua esposa Marcia sobre o trabalho desenvolvido na associação e sobre o jantar beneficente do dia dos namorados que será realizado no dia 11 de junho, no Residencial Náutico Laggus.

A entrevista irá ao ar em breve no Programa Mulher Instrumento de Deus.

Noemia Rocha participa do programa Direto ao Ponto

entrevista_direto_ao_ponto    A corregedora da Câmara Municipal de Curitiba, vereadora Noemia Rocha (PMDB), concedeu entrevista, nesta semana, para o programa Direto ao Ponto, de Ogier Buchi, na Record News Paraná (Rede Mercosul). Durante a conversa, a parlamentar falou um pouco de seu trabalho na presidência da Comissão de Saúde da Casa e sua opinião sobre a situação política do país.

Noemia Rocha fala sobre visita ao Hospital Pequeno Príncipe

61    A presidente da Comissão de Saúde, Bem-Estar Social e Esporte da Câmara Municipal de Curitiba, vereadora Noemia Rocha (PMDB), conversou com as rádios CBN Curitiba e Band News, na tarde dessa quinta-feira (24), sobre a visita realizada ao Hospital Pequeno Príncipe, no período da manhã.

     A parlamentar falou sobre o trabalho realizado pelo hospital e suas principais demandas. Hoje, 63% do atendimento é feito pelo SUS. De acordo com ela, o grupo tem visitado varias instituições em busca de melhorias.

Noemia Rocha fala sobre linha Interhospitais na Rede Mercosul

DSCN2683    A presidente da Comissão de Saúde, Bem-Estar Social e Esporte da Câmara Municipal de Curitiba, vereadora Noemia Rocha (PMDB), concedeu entrevista na manhã desta sexta-feira (11), para a jornalista Juliana Goss Silvério, da Rede Mercosul. A parlamentar comentou sobre a resposta do pedido de informações, de sua autoria, que solicitou detalhes sobre o funcionamento da linha Interhospitais.

     De acordo com ela, a partir dos dados encaminhados pela prefeitura será possível propor melhorias e adaptações na linha, que percorre diversos hospitais da cidade diariamente. Entre uma das propostas citadas pela peemedebista está a parceria do município com a prefeitura, já que “a linha é mais utilizada por pessoas que vêm do interior para se tratar na capital, e não por pacientes da cidade”.

    Hoje, “a linha roda aproximadamente 7.650 km/mês, custando R$ 36.420,28/mês e arrecadando R$ 6.765,00, tendo portanto um deficit de R$29.655,28/mês, mesmo com readequações”. O que para a vereadora não pode continuar acontecendo.

Noemia Rocha é entrevistada no Candibook

DSCN4897 (cópia)      O perfil da candidata a deputada estadual, Noemia Rocha (PMDB), já está disponível no Candibook, portal dos candidatos da Gazeta do Povo. A página do projeto oferece uma breve entrevista com a parlamentar, além de suas informações básicas, redes sociais e posicionamento político, com base no Diagrama de Nolan.

      No vídeo, Noemia Rocha comentou sobre a sua luta pela construção de casas de recuperação mantidas pelo poder público, e a “Creche do vovô”, projeto que pretende criar centros de repouso voltados à terceira idade, pautados no horário das creches infantis.

Para acessar basta clicar Aqui.