Julho Verde passa por mais uma comissão

comissao_de_saude      O projeto de autoria dos vereadores Chicarelli (PSDC) e Noemia Rocha que institui a comemoração do “Julho Verde” também teve seu trâmite aprovado (005.00181.2015). Os integrantes do colegiado votaram em conformidade com o parecer favorável emitido pelo vereador Valdemir Soares (PRB), relator do projeto. Para ele, a continuidade da proposição está em conformidade com o interesse público e deve ser discutida em plenário.

      Trata-se de iniciativa que pretende estimular campanhas de conscientização quanto aos sintomas e à prevenção do câncer de cabeça e pescoço. O mês de julho foi escolhido porque o dia 27 foi reconhecido internacionalmente como o Dia do Câncer de Cabeça e Pescoço.

      A justificativa do projeto esclarece que “os tumores malignos de cabeça e pescoço correspondem a 3% de todos os tipos de câncer. Os cânceres de cavidade oral e laringe são os tumores mais comuns dessa região, e mais de 60% deles ocorrem na área da garganta”. Estes dados, de acordo com os propositores da iniciativa, são fornecidos pelo Instituto Nacional de Câncer (Inca). Esta instituição também aponta que o câncer de boca, laringe e áreas relacionadas é hoje o segundo mais frequente entre os homens e o quinto mais comum entre as mulheres.

Fonte: Site da CMC

Comissão analisa limite para espera em postos de saúde

posto_de_saude     Nesta quarta-feira (16), às 8h30, a Comissão de Saúde, Bem-Estar Social e Esporte debaterá a regulamentação do tempo de espera dos pacientes em estabelecimentos de saúde em atividade no município, inclusive conveniados (005.00164.2015). O projeto é de autoria do vereador Mauro Ignacio (PSB) e o parecer sobre a matéria será emitido pela vereadora Noemia Rocha, presidente do colegiado na Câmara Municipal.

      A proposta estipula que a espera não deve ultrapassar 30 minutos para os casos de atendimentos em consultórios médicos e ambulatoriais, bem como, para os casos de agendamento e realização de exames em laboratórios públicos e particulares; de 3 horas para internação, a partir do surgimento da necessidade; e imediato quando houver diagnóstico médico neste sentido, nos casos de internação em centros e unidades para tratamentos intensivos.

     Também será deliberado sobre o parecer do vereador Valdemir Soares (PRB) a respeito do projeto que propõe a instituição do “Julho Verde”. A atividade consiste na realização de campanhas pela conscientização quanto aos sintomas e formas de prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço, com realização anual (005.00181.2015).

     Os autores são Chicarelli (PSDC) e Noemia Rocha (PMDB). Eles esclarecem que a data foi escolhida porque 27 de julho foi definido pela Federação Internacional de Oncologia de Cabeça e Pescoço como o dia mundial de prevenção desta doença.

     De acordo com o texto de justificativa, “os tumores malignos de cabeça e pescoço correspondem a 3% de todos os tipos de câncer. Os cânceres de cavidade oral e laringe são os tumores mais comuns dessa região, e mais de 60% deles ocorrem na área da garganta”. O texto aponta dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), segundo o qual o câncer de boca, laringe e áreas relacionadas é hoje o segundo mais frequente entre os homens e o quinto mais comum entre as mulheres.

Fonte: Site da CMC

(Leia Mais…)

Julho Verde segue para análise da Comissão de Saúde

88

(Foto: Andressa Katriny/CMC)

     Também segue para análise da Comissão de Saúde, o projeto de lei dos vereadores Chicarelli (PSDC) e Noemia Rocha (PMDB) que institui a celebração da campanha “Julho Verde”, a ser incluída no calendário oficial do município (005.00181.2015). A matéria recebeu parecer favorável da vereadora Dona Lourdes (PSB). De acordo com o texto, o dia 27 de julho foi definido como Dia Mundial do Câncer de Cabeça e Pescoço.

      O projeto autoriza a realização de atividades de conscientização sobre a doença em escolas públicas do município. Entre os objetivos da data está a orientação das crianças para a necessidade de cuidados precoces e de bons hábitos de saúde, a fim de evitar o câncer, além de incentivar o diagnóstico precoce.

    “Quanto antes forem debatidos os cuidados que podem influenciar no aparecimento do câncer, os hábitos podem mudar desde as crianças”, diz a justificativa da matéria.

Fonte: Site da CMC

(Leia Mais…)

Proposta de conscientização sobre câncer de cabeça e pescoço é analisada por mais uma comissão

72    Nesta quarta-feira (9), a Comissão de Educação, Cultura e Turismo analisa o parecer da vereadora Dona Lourdes (PSB) quanto ao projeto que institui no calendário oficial do município o “Julho Verde”, data que seria comemorada anualmente no dia 27 de julho (005.00181.2015). A proposta dos vereadores Chicarelli (PSDC) e Noemia Rocha (PMDB) pretende difundir informações sobre o câncer de cabeça e pescoço. Debates e outras atividades – como a promoção de diagnósticos – serviriam para a conscientização quanto aos perigos que podem conduzir ao câncer.

Fonte: Site da CMC