Corregedoria é acionada sobre “voto por engano” de Chicarelli

101     A Mesa Diretora pediu formalmente, nesta terça-feira (25), que a Corregedoria da Câmara de Curitiba se manifeste sobre o “voto por engano” do vereador Chicarelli (PSDC) na sessão plenária do dia 19 de outubro de 2016. Na ocasião, durante a votação em segundo turno das contas de 2011 da Prefeitura de Curitiba (leia mais), o vereador Chico do Uberaba (PMN) reclamou que haviam votado por ele – declaração que vale como uma denúncia verbal para a Mesa.

     No documento, recebido hoje pela corregedora Noemia Rocha (PMDB), os sete membros da Mesa – que tomaram como base o artigo 48 do Regimento Interno – dizem que, “considerando a gravidade do fato” e “que a autoria e a materialidade estão evidenciadas no reconhecimento feito pelas imagens registradas pelas câmeras internas do plenário”, a vereadora deve tomar “as providências cabíveis”, bem como “a tipificação da conduta”. O prazo para a manifestação da Corregedoria é de cinco dias úteis, segundo o Código de Ética.

Fonte: Site da CMC

(Leia Mais…)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s