Reapresentada proposta de piso tátil para demarcar obstáculos

pessoacomdeficiencia_visual     Arquivado devido à renúncia de Valdemir Soares (PRB), o projeto de lei que determina a instalação de piso tátil para demarcar obstáculos em áreas públicas e a localização da faixa de pedestres foi reapresentado pelos vereadores Noemia Rocha (PMDB) e Tiago Gevert (PSC). A ideia da proposta, em tramitação na Câmara de Curitiba, é que a superfície diferenciada facilite a locomoção das pessoas com deficiência visual (005.00059.2016).

     Dentre os equipamentos permanentes considerados obstáculos à pessoa com deficiência visual, a matéria cita postes, telefones públicos, lixeiras, caixas de correio, quadros de avisos, entradas e saídas de veículos e bancos e mesas de praças, dentre outros (leia mais). O piso tátil, diz a proposição, deverá se enquadrar nas especificações da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

     No caso de equipamentos que venham a ser implantados, o objetivo é que já recebam o piso tátil. Aos que já foram construídos, seria concedido um prazo de até três anos para a adaptação. Se aprovada e sancionada, a lei entra em vigor 60 dias após sua publicação no Diário Oficial do Município.

Fonte: Site da CMC

(Leia Mais…)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s