Vereadores de Curitiba congelam os próprios subsídios até 2018

plenario     Os vereadores da capital paranaense, que serão eleitos em 2 de outubro deste ano, receberão a partir de janeiro de 2017 R$ 15.156,70, o mesmo valor fixado em abril de 2015 (leia mais). O subsídio bruto do presidente da Câmara de Curitiba da próxima legislatura (2017 a 2010) também foi congelado, em R$ 19.703,71. Aprovado em primeiro turno em sessão extraordinária nesta quinta-feira (31), por 26 votos a 3, o projeto da Mesa Diretora do Legislativo autoriza a correção inflacionária a partir de 2018, conforme o índice concedido aos servidores municipais (005.00026.2016).

Emendas rejeitadas

      “A Câmara deveria ter seguido exemplo de Câmaras Municipais de outras cidades do Paraná e reduzido o subsídio”, sustentou o Professor Galdino (PSDB). “Renovação total da Câmara Municipal de Curitiba. Não à reeleição”, disse o vereador, que está no segundo mandato. Duas emendas que previam a redução da remuneração foram rejeitadas.

      Uma das proposições (035.00001.2015), da Professora Josete (PT) e de Noemia Rocha (PMDB), previa remuneração de R$ 13.500 para os vereadores e R$ 17.550 para o presidente do Legislativo. A emenda teve 3 votos favoráveis e 25 contrários.

Fonte: Site da CMC

(Leia Mais…)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s