Gestantes dependentes químicas terão tratamento especializado

42      Em poucos meses, Curitiba contará com o primeiro Centro municipal para tratamento de gestantes usuárias de drogas do Brasil. A informação foi dada pela vereadora Noemia Rocha (PMDB), autora do projeto, durante a sessão plenária desta terça-feira (31), no horário destinado ao grande expediente.

     A parlamentar destacou a reunião que teve na última semana, para viabilizar o projeto com a presença do secretario nacional dos Direitos Humanos, Paulo Maldos, o secretario nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça (Senad), Vitore Maximiano, a presidente da Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS), Marcia Fruet, o diretor do departamento de saúde mental da Secretaria Municipal de Saúde, Marcelo Kimati Dias, entre outras autoridades.

     De acordo com ela, durante o encontro foi feito o convênio e firmado o compromisso para a construção do equipamento ainda neste semestre, tornando Curitiba pioneira na área. “Estão pensando inclusive em levar a iniciativa para outras cidades”. Em seu pronunciamento ela também falou sobre as parcerias na luta contra às drogas. “Tenho que elogiar a postura do prefeito Gustavo Fruet e da Marcia Fruet que, mesmo sabendo que eu sou Oposição na Casa, abraçaram o meu projeto”.

     O serviço vai oferecer abrigo para as dependentes químicas, que receberão tratamento e poderão ter seus filhos em segurança. Além disso, a matéria visa a recuperação da escolaridade, capacitação profissional e reinserção no mercado de trabalho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s