Com 25 votos, Araújo é eleito presidente da Câmara de Curitiba

A nova Mesa Diretora da Câmara de Curitiba assume em 2 de janeiro de 2015. (Foto - Chico Camargo/CMC)

A nova Mesa Diretora da Câmara de Curitiba assume em 2 de janeiro de 2015. (Foto – Chico Camargo/CMC)

      A Câmara de Curitiba realizou, na tarde desta terça-feira (16), a primeira eleição para a Mesa Diretora após o fim da reeleição. O resultado foi a vitória de Ailton Araújo (PSC), que obteve 25 votos na disputa pela presidência do Legislativo. Ele concorreu contra o vereador Chicarelli (PSDC), que fez 12 votos. A disputa foi tumultuada e dividiu os vereadores em dois blocos parlamentares, com pedidos de impugnação de ambos os lados.

     “Sem dúvida vivemos um novo momento, mais democrático, com alternância de poder”, disse Paulo Salamuni (PV), atual presidente da Casa. No dia 2 de janeiro, Salamuni passará o comando do Legislativo a Araújo e à nova Mesa Diretora, com Felipe Braga Côrtes (PSDB), 1º vice-presidente; Cristiano Santos (PV), 2º vice-presidente; Pedro Paulo (PT), 1º secretário; Paulo Rink (PPS), 2º secretário; Serginho do Posto (PSDB), 3º secretário; e Dona Lourdes (PSB), 4ª secretária.

      Apenas Pedro Paulo e Paulo Rink não concorreram contra outros vereadores pelos cargos, obtendo, respectivamente, 32 e 36 votos. Braga Côrtes venceu Valdemir Soares (PRB) na disputa pela 1ª vice-presidência, vencendo por 25 a 12. Santos venceu Chicarelli por 29 a 5. Serginho enfrentou a disputa mais ‘apertada’, obtendo 21 votos enquanto Mauro Ignácio, do PSB, fez 14. Na corrida pela 4ª secretaria, Tito Zeglin (PDT) e Soares abriram mão de concorrer em favor de Dona Lourdes (PSB), aclamada por unanimidade, com 37 votos, uma vez que Professor Galdino (PSDB) estava ausente do plenário.

      A lista completa de votações poderá ser consultada no Sistema de Proposições Legislativas (SPL) nos próximos dias. Os cargos da Mesa Diretora têm responsabilidades adicionais e o direito a contratar mais assessores, para dar vazão às tarefas administrativas da Câmara Municipal (leia mais). “Vamos manter a economia de recursos públicos e a austeridade, que nos permitiu economizar R$ 21 milhões nos últimos dois anos”, apontou Araújo, em entrevista à imprensa que acompanhava a eleição.

    “Darei continuidade à política de transparência que divulgou os gastos da Câmara, os salários dos servidores e implantou o controle biométrico de frequência. Essas medidas foram para valorizar os funcionários, separou o joio do trigo. Agora quem trabalha não é mais confundido com fantasma”, afirmou o novo presidente do Legislativo.

Corregedoria

      Logo após a eleição da Mesa Diretora, os vereadores escolheram Noemia Rocha (PMDB) e Professora Josete (PT) para serem a corregedora e vice-corregedora da Câmara Municipal. Na estrutura do Legislativo, a Corregedoria ocupa o papel de controle interno da atuação parlamentar, podendo apurar fatos e apresentar queixas ao Conselho de Ética.

Fonte: Site da CMC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s