Cargo da oposição

17     A Câmara de Vereadores de Curitiba aprovou ontem projeto da Comissão Executiva da Casa que cria um cargo de assessor parlamentar para a liderança de oposição do Legislativo da Capital. Nove vereadores votaram contra a iniciativa: cinco do PSC e quatro de outros partidos. O detalhe é que pelo menos oficialmente, a oposição ao prefeito Gustavo Fruet (PDT) na Câmara é formada unicamente pela vereadora Noêmia Rocha (PMDB). Vice-líder da bancada do PSC, o vereador Bruno Pessuti foi um dos contrários à ideia. “As próprias bancadas e blocos partidários têm seus assessores. A bancada do PSC é independente e não concorda com mais cargos nem para liderança de oposição, nem para liderança de governo”, defendeu.

Isonomia

       A vereadora Professora Josete (PT) defendeu a iniciativa. “Já fui da oposição e sempre defendi a isonomia. É legítimo. Entendo que o mais adequado é que, quem votou contra o projeto, apresentasse uma emenda retirando o cargo. A gente mantém o cargo de líder da maioria e não concorda com o cargo para o líder da oposição? Isso não é isonomia”, afirmou. A líder da oposição, Noemia Rocha (PMDB), lembrou que, por muitos anos, aqueles que não estavam ligados à administração municipal nunca tiveram espaço para se pronunciar na Casa. “Neste momento sou oposição. Mas em algum momento vou sair. E se a próxima oposição for formada por 20 vereadores, não haverá essa isonomia?”, questionou.

Fonte: Bem Paraná

(Leia Mais…)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s